{Look do Dia} Pink!

Leia mais

Sobre os ciclos da vida

Leia mais

Mix de Coisas Viaja: Tiradentes

Leia mais

28 de out de 2015

Emissão de Passaporte Brasileiro - Visto Americano e custos com processo


Quando eu contei no meu facebook que estava de viagem marcada para a terra do tio San, algumas
pessoas me procuraram para saber como foi o processo para emissão de passaporte e visto americano.

Não sei se todo mundo sabe, mas na minha cidade (Belo Horizonte) não existe embaixada dos EUA para emissão de vistos, com isso muita gente fica um pouco desesperado e com medo do processo que na verdade é muito mais simples do que eu pensava. Vocês vão ver :)

Como fazer a emissão de passaporte brasileiro?

Você precisa entrar no site da Polícia Federal e solicitar o seu passaporte. O processo é simples: você preenche um pequeno formulário com seus dados pessoais, escolhe o local do atendimento e paga a taxa referente a emissão do documento. Atualmente o valor dessa taxa é de R$ 257,25, um pouco cara, eu sei, mas leve em consideração que ele tem validade de 10 anos e demorará um tempão até precisar solicitar outro.


Em Belo Horizonte existem dois locais de atendimento para tirar o passaporte: o PSIU (ou UAI como é chamado na modernidade, rs!) e o Shopping Plaza Anchieta. O prazo do dia do agendamento até o dia de ir no local pode variar de acordo com a demanda de emissão do documento, mas quando eu tirei (Janeiro-15) demorou cerca de 25 dias. Lembre de contabilizar esse tempo ao planejar a sua viagem.

No dia do atendimento, será necessário levar uma lista de documentos, que também está no site da PF. Não pode esquecer de levar nadinha, se não você vai perder o seu atendimento e terá de reagendá-lo. Nesse dia você irá gravar as suas digitais e tirar a foto que será impressa no passaporte. 

Sete dias depois você pode ir no mesmo local retirar o documento e pronto! Você já tem um passaporte!!

Se você demorar mais de três meses para retirar o documento, ele será recolhido e você terá que fazer todo processo de novo.

Como tirar o visto americano?

Eu imaginava que a entrevista na embaixada americana era tipo uma coisa de filme: você em uma sala meio escura com um gringo te interrogando e pressionando para você passar o máximo de informações possíveis. rsrs

Fiquei supresa quando cheguei em um lugar limpo, branco e cheio de árvores e flores.

Reprodução

Você não entra nos Estados Unidos se não tiver um visto no seu passaporte. Para conseguir essa folha no seu documento você precisa fazer algumas coisas.

1) Visitar o site US Visa e entrar com o pedido de visto adequado para você. No meu caso foi o Visto B-2 para turismo. Mas existem outros tipos, você pode verificar qual é o melhor para você aqui.

2) Você vai precisar preencher um formulário ENORME chamado DS-160. Esse formulário pergunta o que você vai fazer no país, o lugar que você pretende ficar durante a visita ao país, quanto pretende levar em dinheiro e outras perguntas para eles terem certeza que você não é um terrorista mau intencionado.

O formulário é em inglês, então se você não entende nada do idioma você precisa ter alguém para te ajudar. Existem vários blogs com passo a passo que também pode ser útil. Esse aqui me ajudou demais.

Quando começar a preencher o formulário, você vai precisar de escolher em qual embaixada quer emitir o seu visto. No Brasil existem 4: Brásilia, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro. Escolha o que for mais conveniente para você e ja contabilize esse custo no seu planejamento. Se você estiver indo com família, todos os integrantes devem comparecer e vocês podem fazer uma entrevista em grupo.

3) Pagar a taxa de emissão de visto que é 160 DÓLARES. Com a cotação atual isso é uma facada, infelizmente =(

4) Comparecer no CASV no local e hora marcada no formulário DS-160. Em BH tem um local desse então não é necessário viajar para essa etapa. Nesse dia, você vai tirar a foto que irá no seu visto (não serve a que já tem no passaporte) e registrar as digitais no sistema do consulado. Não é possível entrar com bolsa ou celular e nem chegar com muita antecedência no local, eles só te deixam entrar 15 minutos antes do seu horário agendado para atendimento. Então programe-se para não ter problemas com isso. É necessário levar os seguintes documentos:

- Passaporte válido por pelo menos 6 meses;
- Confirmação do formulário DS-160 impressa;
- Comprovante de pagamento do visto;
- Confirmação do agendamento impresso.

5) Separar documentos para a entrevista. Essa é parte mais chatinha de todo processo. Isso porque existe o risco de você separar mil documentos e eles não pedirem nenhum, mas ao mesmo tempo, você não pode arriscar e comparecer na entrevista sem nenhum documento. Você precisa reunir o maior número de informações que te ajude a comprovar que você tem motivos para voltar para o Brasil, pois a maior preocupação dos EUA é que você vá para uma viagem e não volte para casa nunca mais. Então leve comprovante de matrículas em instituições de ensino, documento de compra de imóveis, automóveis, comprovante de pagamento de salário, dispensa de férias com a data que você retorna para as atividades no seu emprego, cartão de visita e toda coisa do tipo.

Também é necessário provar que você tem renda no Brasil e tem como pagar a sua viagem. Leve extrato bancário dos últimos 3 meses, contra cheques, declaração de imposto de renda, aplicações na poupança... Se você for menor de idade ou alguém estiver bancando sua viagem, leve os documentos dessa pessoa e uma declaração de que a pessoa está mesmo te bancando. Se a pessoa que for pagar pela sua viagem tiver visto, leve uma cópia do documento dela.

6) Entrevista no Consulado. Não tem mesa de interrogatório numa sala escura, nem um gringo te torturando fisicamente para você só falar a verdade como eu tinha em mente que seria. haha

Você chega lá no horário marcado (pontualmente, não pode entrar com mais de 30 minutos de antescedencia como no dia do CASV), com os mesmos documentos que levou no passo 4. Daí vai ser tudo organizado e com um sistema de segurança de dar inveja. O local de atendimento é assim:

Reprodução

Você fica em pé na frente do embaixador e ele vai te fazendo as perguntas por trás do vidrinho. Nenhuma entrevista é igual a outra. Eles confirmam alguns dados que você escreveu no formulário DS-160 e com base nas suas respostas eles podem de conceder o visto ou não. 

Quando eu fui, fiz a entrevista junto com o meu marido. O homem peguntou a nossa profissão e o que estávamos indo fazer nos EUA. Respondemos prontamente e ele anunciou: Visto concedido.

Lembro de sair de lá sem acreditar que tinha sido só aquilo. AFINAL EU TINHA ME PREPARADO PARA TORTURA FÍSICA!kkkkkk

No final das contas foi tudo muito tranquilinho e fácil. Eles são muito organizados e isso ajuda muito em você conter o nervosismo e ansiedade durante o processo. Desde o preenchimento do formulário, até o comparecimento ao CASV e finalmente a entrevista no consulado, levou uns 2 meses e meio. Pode variar de acordo com diversos fatores então não deixe para fazer tudo muito perto da data que planeja viajar para não ter stress. ok?

Em quanto fica a emissão de passaporte + visto + viagens?

   257,25 (taxa de emissão de passaporte)
+624 (taxa de emissão de visto)
+412 (passagem de ida e volta de BH - Brasília compradas com 1 mês de antecedência)
+200 (diária de hotel para 1 pessoa)
R$1.493,25

Fiz uma continha mínima baseada em cotações que fiz em outubro de 2015 em quanto saíria fazer esse processo hoje. Não coloquei na conta gastos com deslocamentos, lanches na viagem e nada do gênero e já deu esse pouquinho de reais ai em cima.

Quanto mais pessoas forem emitir os documentos, mais os custos aumentam. Quanto mais alta a cotação do dólar, mais gasto.

Quanto menos antecedência comprar as passagens e reservar o hotel mais caro vai ficando os valores.

São inúmeras variáveis que podem ir mudando de acordo com a época que você for fazer o processo e o quão longe você está dos postos de atendimento. É um gasto um pouco alto pensando que esse é só o início de gastos para você fazer uma viagem para a terra do tio San. Mas infelizmente não temos como fugir não é mesmo?

Alguma dúvida? Fiquem a vontade para me perguntarem caso tenha deixado de explicar alguma coisa, combinado?

Espero que esse post tenha sido útil para você :)

Beijo grande



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conta tudo!