{Look do Dia} Pink!

Leia mais

Sobre os ciclos da vida

Leia mais

Mix de Coisas Viaja: Tiradentes

Leia mais

16 de out de 2013

Álbum: Prism - Katy Perry


E o álbum que eu mais esperei em 2013 chega aos nossos players: seja bem-vindo, Prism!!! Marcando o retorno de Katinha Pereira (tá, nem deu tempo de sentir saudade dela), eu estava ansiosíssima para esse cd. AMEI todas as músicas que já foram lançadas (Roar, Dark Horse e Walking On Air) e agora não poderia deixar de ouvir esse prisma pela primeira vez fazendo um post, né? Vem ouvir comigo baixando marotamente o álbum aqui (o link tá delicioso, aproveita enquanto ele existe) e vamos láááá folks:

1. Roar 
Odiei da primeira vez que ouvi. Achei simplesmente um insulto Katy lançar isso de primeiro single. Mas claro que eu paguei língua e no dia seguinte já tava rugindo felicíssima por aí né? Depois do clipe então, nem se fale! De qualquer maneira, acho que poderiam existir escolhas melhores para primeiro single. 

2. Legendary Lovers 
Gente, e essa música com vibe ÉTNICA sendo atirada na nossa cara logo na segunda faixa? Senti uma vibe Come & Get It? Senti. Senti mais ainda uma vibe Quem Quer Ser Um Milionário? Sim, senti. E já estou esperando um clipe estilo Jai Ho com coreografia para este break da música, merece. 

3. Birthday 
Agora já fomos transportados para os anos 80. Das prévias, essa foi uma das que mais gostei. Ouvindo completa agora, achei bem ok, nada demais. Tenho a comentar que achei brega a parte q ela fala: HAPPY BIRTHDAY 

4. Walking On Air 
Uuuuu pisada no ar! Fez todo o sentido ela estar grudadinha com Birthday, combo músicas com vibe retrô no Prisma. Certeza que nos shows esse combo vai existir também. Com a diferença de que WOA é muito melhor, rs. 

5. Unconditionally
Ainda não tô conseguindo entender porque isso foi escolhido pra segundo single oficial, na minha opinião estão tentando seguir a estratégia de Milene Cyrus com Wrecking Ball. Mas também não vou falar muito mal não porque sinto que vou pagar língua em breve.

6. Dark Horse (feat. Juicy J) 
Fiz até post pra música quando saiu, preciso falar mais alguma coisa? Katy Perry dando uma de HIP POP com Juicy J, amor demais essa música inesperadíssima e HINOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!! 

7. This Is How We Do
Essa foi a que mais gostei nas prévias, e gostei completa também, mas não é nada demais, até bem genérica e bobinha. Não a vejo como single, por exemplo. 

8. International Smile 
Nossa só eu que achei o nome dessa faixa super Justin Bieber? kkkk não sei porque, mas achei. Já a letra, me lembrou I Know How To Say, do 3OH!3, rs! É outra faixa ok, acho que poderia estar lá perto de Walking On Air e Birthday

9. Ghost
É esse o lado dark do álbum? Achei boa, mas também não chama a atenção. 

10. Love Me
Ruinzinha... e  tô ficando triste... o álbum já tá na faixa 10 e as melhores faixas são as que eu já conhecia. 

11. This Moment
Outra ruinzinha. Aliás, daqui 5 minutos não saberei mais a diferença entre essa música e a anterior. 

12. Double Rainbow
O nome dessa música foi uma das primeiras coisas sobre o material novo que a Katy divulgou, a muito tempo atrás. Disse que seria uma parceria com a Sia e blablablá. Legal, pena que é outra música no combo de faixas ruins. 

13. By The Grace Of God 
Meu Deus, que FASE! Essa eu já tinha ouvido live no iTunes festival e obviamente, odiei. É cd só de baladas, Katy Perry? 

14. Spiritual
Desisti do álbum. 

15. It Takes Two
Uma pena, promessa do pop. Tão promissor com suas 3 lead tracks :( 

16. Choose Your Battles
Me resta esperar o ARTPOP álbum do milênio agora. 

Gente, sério, tem alguém aí pra dividir a decepção comigo? O álbum não tem identidade NENHUMA, só pelas 3 faixas iniciais você já vê claramente: Tigre, Indiana, anos 80.  Cadê os hits prontos? Cadê as faixas que vão ser #1 na Billboard pelos próximos dois anos?  Katy eu esperava tanto mais desse cd :((((  GRAÇAS A GOD temos Walking On Air e Dark Horse mas mesmo assim tô tristeee, vem logo me alegrar Lady Gaga!!!

Me falem o que acharam? Bju :'(


4 comentários:

  1. Adoro o inicio de Dark Horse, aquele uooohhh

    ResponderExcluir
  2. passa outro link, esse ja não existe mais );

    ResponderExcluir
  3. Acho que você estava muito acostumada com o Teenage Dream (Álbum, que todas as musicas são hits e que já tem seu espaço marcado na história do Pop [Lirous me desculpem, mas é verdade]). Eu acredito que a Katy evoluiu na velocidade da luz nesse álbum, as musicas do álbum anterior não tinham identidade alguma, parecem que foram colocados numa forma para fazer sucesso. Já neste álbum da pra ver claramente que a “Katia” tomou as rédeas da situação e não deixou o tal de Dr. luke influenciar nas musicas, tem a identidade da artista, porque no Teenage Dream a cada musica que eu ouvia eu achava que já tinha ouvido isso. Esse tem uma sonoridade totalmente diferente de algo que ela já fez, totalmente mais artístico do que algo pra vender, as letras são completamente mais maduras e com maior impacto que as anteriores. O álbum tem influencias oitentista/noventista que casaram muito bem com a voz dela e com o pop de hoje, ficou uma mistura inusitada, mas ótima.
    E falando de um assunto que os fãs dela odeiam, eu creio que esse novo álbum (mesmo que não venda o tanto que o Teenage Dream vendeu, mesmo que não tenha tantos hits quanto o anterior) merece mais receber um Grammy que o Teenage Dream.
    Eu particularmente preferi as musicas que você menos gostou, mas isso vai de gosto.
    Eu sei que esse comentário era pra ser uma critica da sua resenha, mas acabou sendo outra resenha (risos).
    É o que eu penso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Contratado para o blog tb. Agora sempre vou querer ter 2 opniões. Ainda decidindo o q achei kkk

      Excluir