{Look do Dia} Pink!

Leia mais

Sobre os ciclos da vida

Leia mais

Mix de Coisas Viaja: Tiradentes

Leia mais

11 de jan de 2013

As vantagens de ser invisível (Livro e Filme)

Ps: Fique tranquilo porque o texto abaixo não tem nenhum spoiler! :)

A história de As vantagens de ser invisível (Stephen Chbosky) tem como protagonista Charlie, um inocente garoto de 15 anos que está acostumado a viver à margem, a não participar e apenas observar o que acontece à sua volta. Obviamente, por isso é excluído na escola e é bastante zoado, só que ele acaba arrumando amigos veteranos, Sam e Patrick, e com isso aprende algumas coisas da vida.

Fiquei surpresa quando acabei de ler o livro (ontem) e fui pesquisar o trailer do filme. Estava datado de Julho de 2012. Nunca tinha ouvido falar em nenhum dos dois, a não ser de umas 2 semanas pra cá. Um amigo falou que estava querendo comprar o livro, porque o filme parecia ser bom e tinha muito buzz entorno, então eu fui ver do que se tratava. Não sei se já falei isso aqui, mas não gosto de ler resumos, sinopses ou assistir trailer, seja de filme ou livro, prefiro ir na surpresa, sem saber quase nada, para me surpreender o máximo possível. Como vi que a capa desse livro já era o poster do cinema, pensei que deveria comprar, porque para um livro ser adaptado para o cinema, ruim ele não deve ser.
Comprei o livro, ele chegou rápido e logo comecei a ler. A leitura é fácil, pelo modo com que é escrita - através de cartas, e são só 223 páginas (até estranhei quando recebi, achei super fino). Mas não se engane, apesar de eu ter dito que a leitura é fácil, não quer dizer que não seja cansativa. Fiquei com a sensação que o livro foi escrito para crianças, confesso, e isso me irritou um pouco. Não conseguia passar lendo muito tempo (mas como o livro é fino, com pouco tempo você consegue ler bastante coisa). Enfim, não quero ser chata, porque pelo que ando vendo, filme e livro estão virando uma "febre" e muita gente está idolatrando por aí. Não quero ser a "do contra", mas não fui cativada. Acho que me decepcionei justamente por todo mundo se expressar como "apaixonante" em relação a história. Não me apaixonei, pelo contrário, acabei de ler o livro e pensei: "é isso? Que superestimado!!". Mas aí eu vi o filme...

... e adorei! Acho que é o primeiro caso na história deste universo onde o filme é melhor que livro, juro. O filme é mais sensível, doce e soube transformar os pontos fortes do livro num resultado simplesmente adorável. Consegui me emocionar e no final até me arrepiei. Já vi gente falando que chorou, eu não chorei, mas também não acho que seja uma reação exagerada, afinal o filme é mesmo ótimo. As atuações são muito boas, e olha que engraçado: o diretor é o autor do livro. Eu fui assistir o filme com toda aquela amargura que estava na primeira parte do post, quando falei do livro (eu escrevi antes de assistir, para não contaminar, rs) e tinha a certeza que viria quebrar a casaca pro lado do filme também, achei que ia ser mais um daqueles filmes pedantes metido a cult, e que todo mundo estava gostando porque tinha Emma Watson no elenco e blábláblá, mas olha eu aqui elogiando! Pelo contrário, o filme não é pedante, achei simples e super despretensioso. Não costumo ver o filme e só depois ler o livro, mas acredito que quem fizer isso, deve apreciar mais a leitura.
E vocês, já leram ou assistiram As vantagens de ser invisível? Gostaram? Me contem.

Beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conta tudo!