{Look do Dia} Pink!

Leia mais

Sobre os ciclos da vida

Leia mais

Mix de Coisas Viaja: Tiradentes

Leia mais

21 de mai de 2012

A primeira temporada de Hart Of Dixie + o estilo de Zoe Hart

Depois de assistir HOD e entrar em sono profundo, acordei pra fazer esta review da primeira temporada da série. Risos, brincadeira, a season finale salvou e eu consegui não me entediar assistindo.

O texto abaixo pode conter SPOILERS:

Eu e 99% da população terráquea demos uma chance para a série por causa da gracinha que é Rachel Bilson, ou eu deveria dizer Summer Roberts? Pois é, sem ela e seu carisma (e background from Orange Country), a série simplesmente seria um vácuo cósmico. A doutora Zoe Hart carregou nas costas os vinte e dois episódios dessa primeira temporada, que foi, acima de tudo, leve e despretensiosa. A série nunca prometeu grandes reviravoltas, mistérios e agitação, mas chegou uma hora que a monotonia da cidade de Bluebell começou a cansar. Se você já assistiu a toda a temporada ou pelo menos alguns episódios, sabe do que eu estou falando: pare para pensar na série como um todo. Parece que todos os episódios são iguais! Isso é o pior, mas ela não é de todo ruim.


Os personagens são mornos igual à historia: a química de Zoe com Wade e a amizade dela com o prefeito Lavon foram sem dúvidas as coisas mais legais da trama. Lemon, sempre fazendo jus ao nome e sendo azeda all the time merecia que George a largasse e sambasse na cara dela, mas acho que estão providenciando bastante disso para  a segunda temporada. George muito bom samaritano me irrita, prefiro o badboyzismo feat. vagabundismo de Wade, sem contar que ele é bem mais gato, porém Zoe e George é uma voadora na face de Lemon e isso me agrada. Acho que poderiam arrumar uma amiga mais apropriada para Zoe, aquela pirralha que quase morreu de frio na barriga ao dar seu primeiro beijo é muito chata e fala sério, ela tem 3 anos de idade. Espero que a próxima temporada seja mais dinâmica e que cheguem novos personagens em Bluebell para agitar essa cidadezinha de 30 habitantes no Alabama.


 Uma das coisas que mais me chamam a atenção na série são os looks da Zoe. Abusando de peças super curtas, jaquetinhas, saltão e cores sóbrias por baixo do jaleco, a médica faz da pracinha de Bluebell sua passarela, risos. Em meio às roupas que parecem ter saído do século XIX, Zoe arrasa muito com seus outfits poderosos. Inspire-se:




E que no outono americano Zoe continue se vestindo lindamente, espero que ela tenha ido em NY fazer umas comprinhas para o retorno da série.

Bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conta tudo!